Logo vrv def.png

Bem-vindos ao primeiro Viewing Room da Verve! Uma leitura possível da obra recente de Guilherme Callegari passa pelo suposto simbolismo no uso de logomarcas de carros raros, de multinacionais poderosas e de publicações jornalísticas elitistas para criticar o mundo do consumo de luxo. A multiplicação e sobreposição dos logos e sua eventual subversão poderiam ser interpretados como emblemáticos de uma postura artística desencantada, cínica e/ou ativista. Tudo ao mesmo tempo, diria um crítico pré-fim da história da arte. Porém, integrante que é da geração pós-fim, não caberia perguntar se existe(m) outra(s) lógica(s) por trás da decisão do artista de figurar os logotipos nas suas pinturas? 

Bentl-4shw, 2020
Giz oleoso, marcador, caneta hidrográfica, caneta esferográfica e grafite sobre papel 300g
42 x 27 cm

R$ 2.400,00

"Uma leitura possível da obra recente de Guilherme Callegari passa pelo suposto simbolismo no uso de logomarcas de carros raros, de multinacionais poderosas e de publicações jornalísticas elitistas para criticar o mundo do consumo de luxo. A multiplicação e sobreposição dos logos e sua eventual subversão poderiam ser interpretados como emblemáticos de uma postura artística desencantada, cínica e/ou ativista. Tudo ao mesmo tempo, diria um crítico pré-fim da história da arte. Porém, integrante que é da geração pós-fim, não caberia perguntar se existe(m) outra(s) lógica(s) por trás da decisão do artista de figurar os logotipos nas suas pinturas? [...]

 

O tempo vem agregando, às obras que veiculam símbolos da cultura do consumo (desde a pop art, pode-se dizer), essa camada de significado adicional: a arte se torna arqueologia dos hábitos culturais de tempos remotos. Numa velocidade inaudita. O logo de hoje pertence ao museu etnográfico de amanhã. Mas aí também há outra inflexão importante: qual a relação dos artistas millennials com o tempo? O passado é seu banco de dados. O futuro? Este vai ser, no mínimo, melhor diagramado."

Juliana Monachesi

Dois Lugares, 2019
Caneta hidrográfica, giz oleoso, lápis de cor, caneta esferográfica e grafite sobre papel
59 x 42 cm

R$ 3.500,00

"Uma leitura possível da obra recente de Guilherme Callegari passa pelo suposto simbolismo no uso de logomarcas de carros raros, de multinacionais poderosas e de publicações jornalísticas elitistas para criticar o mundo do consumo de luxo. A multiplicação e sobreposição dos logos e sua eventual subversão poderiam ser interpretados como emblemáticos de uma postura artística desencantada, cínica e/ou ativista. Tudo ao mesmo tempo, diria um crítico pré-fim da história da arte. Porém, integrante que é da geração pós-fim, não caberia perguntar se existe(m) outra(s) lógica(s) por trás da decisão do artista de figurar os logotipos nas suas pinturas? [...]"

Juliana Monachesi

2586/arrows/Symbols, 2020
Grafite e Caneta Esferográfica sobre papel 
65 x 60 cm

R$ 3.600,00

Transfer, 2020
Grafite, carvão, giz oleoso, lápis de cor, caneta esferográfica, caneta hidrográfica e marcador sobre papel
110 x 75 cm

R$ 6.000,00

"Uma leitura possível da obra recente de Guilherme Callegari passa pelo suposto simbolismo no uso de logomarcas de carros raros, de multinacionais poderosas e de publicações jornalísticas elitistas para criticar o mundo do consumo de luxo. A multiplicação e sobreposição dos logos e sua eventual subversão poderiam ser interpretados como emblemáticos de uma postura artística desencantada, cínica e/ou ativista. Tudo ao mesmo tempo, diria um crítico pré-fim da história da arte. Porém, integrante que é da geração pós-fim, não caberia perguntar se existe(m) outra(s) lógica(s) por trás da decisão do artista de figurar os logotipos nas suas pinturas? [...]"

Juliana Monachesi

Japão, 2020
Caneta hidrográfica, caneta esferográfica, grafite, marcador e inkjet sobre papel
21 x 29,5 cm

R$ 1.800,00

Flash, 2020
Acrílica, caneta esferográfica, caneta hidrográfica, giz oleoso, bastão oleoso e lápis de cor sobre papel
100 x 70 cm

R$ 5.400,00

15han, 2020
Pigmento serigráfico, lápis de cor, caneta hidrográfica, giz pastel, caneta esferográfica carvão e grafite sobre papel
101 x 72 cm

R$ 5.400,00

Áustria, 2020
Giz oleoso, caneta esferográfica, grafite, marcador, lápis de cor e carvão sobre papel vegetal, papel canson e papel milimetrado
59 x 126 cm

R$ 6.000,00

Mofse, 2020
Caneta hidrográfica, carbono, giz oleoso e caneta esferográfica sobre papel 300g
30 x 21 cm

R$ 1.200,00

KIA, 2020
Giz oleoso, lápis de cor, grafite e caneta hidrográfica sobre

papel 300g
30 x 21 cm

R$ 1.200,00

Eletrônico, 2020
Giz oleoso, caneta esferográfica, caneta hidrográfica e lápis de cor sobre papel 300g
30 x 21 cm

R$ 1.200,00

1618, 2020

Acrílica, giz oleoso, bastão oleoso, carvão, grafite, caneta permanente, lápis de cor e caneta

esferográfica sobre tela

190 x 150 cm

R$ 16.000,00

Guilherme Callegari

Guilherme Callegari nasceu em 1986 em Santo André, onde vive e trabalha. Graduou-se em Design Gráfico com ênfase em tipografia em 2011. Sua obra lida com temas do Design Gráfico/Comunicação e da pintura. Depois de sua formação, o artista se deixa contaminar por suas pesquisas em Design Gráfico na faculdade e passa a assumir essa temática como objeto de pesquisa de sua pintura. Callegari já ganhou prêmios em salões de Praia Grande e Santo André, participou de exposições coletivas na BARÓ Galeria, Zipper Galeria, e apresentou exposições individuais na Casanova Arte e Cultura e na Verve Galeria. Seus trabalhos integram importamntes coleções privadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Peru e Holanda e recentemente seu trabalho passou a integrar a coleção do Museu de Arte do Rio [MAR], por meio da indicação do crítico Paulo Herkenhoff no stand da Verve Galeria durante a SP-Arte 2019. Em 2019, Guilherme Callegari participou como artista convidado do 47º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, com uma seção especial dedicada a seu trabalho.

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

Rua Lisboa, 285 Pinheiros  I  05413-000  I  São Paulo - Brasil

+ 55 11 2737 1249  I  contato@vervegaleria.com