MAURICIO COUTINHO

Mauricio Coutinho estudou música, letras e comunicação. Seu interesse pelo desenho surgiu muito cedo. Em 1976, participou de sua primeira exposição coletiva e, no início dos anos 80, começa a expor regularmente em Fortaleza.

Recebeu o primeiro prêmio no 1º Salão Nacional de Arte Xerox, em 1981. No ano seguinte, realizou a primeira de uma série de performances que se intensificam nos dois próximos anos. Em 1984, mudou-se para São Paulo onde participou do Panorama da Arte Atual Brasileira no MAM. No Paço das Artes/Museu da Imagem do Som, integra a convite de Alberto Beuttenmuller a equipe de professores até 1985, juntamente a Alex Cerveny, Hudinilson Junior e Alex Flemming.

Em 1986, mais uma vez, participou do Panorama da Arte Atual Brasileira e, no Salão Paulista de Arte Contemporânea, ganhou o prêmio de Viagem e Sala especial na Pinacoteca do Estado. Estudou, sob orientação de Evandro Carlos Jardim, na Escola de Comunicação e Arte, USP, e na Fundação Armando Álvares Penteado. Trabalhou com Olívio Tavares de Araújo na montagem e curadoria de exposições, como “Volpi 90 anos”, MAM-SP. Trabalhou com Emanoel Araújo, em “Paulistas em Brasília” e em “A Mão Afro Brasileira”. No início dos anos 90, participou de “BR 80”, mostras itinerantes de mapeamento da arte brasileira da década de 80, organizadas pelo crítico Frederico de Moraes para o Itaú Cultural.

 

Em 1992, foi convidado para representar o Brasil, com Beatriz Milhazes, na Bienal Internacional do México. Na mostra inaugural do MAC – Dragão do Mar, em 1998, expôs pinturas sobre papel e objetos de grandes dimensões.  Já em 2000, expôs individualmente uma instalação com uma série de aquarelas. Em 2002, na Bienal Ceará América, (curadoria de Jam Hoet) interveio na Beira Mar, instalando plataformas e demarcando pontos de prostituição.  Em 2003, foi convidado para a exposição “Plataforma”, no Sesc Pompeia. No mesmo ano, participou da exposição “Experimental: vestimenta para uma árvore”, no MAC – Dragão do Mar. Entre os anos 2003 e 2005, lecionou no curso de graduação de Artes Plásticas, da Faculdade Gama Filho. Em 2005, realizou exposição conjunta com Efrain Almeida, no MAC – Dragão do Mar, Fortaleza. Em 2006, realizou exposição individual, “Perfume Azul”, no Centro Cultural do Banco do Nordeste - CCBN. Nos anos seguintes, participou de uma série de exposições coletivas: “Designu Contemporâneo”, “Incisão”, no MAC; “Artistas do sonho”, “Arte em Trânsito”, no CCBN; Programa CAIXA de Adoção Entidades Culturais, entre outras. Atuou como curador, entre os anos 2002 e 2009, com destaque para “Artistas do Sonho” (CCBN), “Leonilson em Fortaleza” (CCBN), “Artecorreio”, com Paulo Bruscky (Correios), “Tropicália 40 anos: Brasil em transe” (CCBN), “Cem anos de Niemeyer” (Correios), “Na ponta dos dedos” (MAC).

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

Rua Lisboa, 285 Pinheiros  I  05413-000  I  São Paulo - Brasil

+ 55 11 2737 1249  I  contato@vervegaleria.com