Nádia Taquary

Nádia Taquary

n. Salvador, BR (1967)

Nádia Taquary é graduada em Letras pela UCSAL e pós-graduada em Educação, Estética, Semiótica e Cultura pela UFBA. Em sua pesquisa, mergulha nas tradições e práticas sagradas afro-brasileiras, enfatizando a presença marcante do protagonismo feminino negro no Brasil e sua herança ancestral. Sua poética é expressa em esculturas, instalações e videoinstalações, como símbolos de identidade, religiosidade, empoderamento feminino e liberdade. Sua pesquisa perpassa pela força e história da joalheria afro-brasileira e das questões da ancestralidade, focada no protagonismo feminino.

Em 2024, Nádia estará presente na 24a Bienal de Sydney, na Austrália, além de apresentandar, no Museu de Arte do Rio (MAR), sua exposição individual “Ònà Irin: caminho de ferro”. Seus trabalhos integram permanentemente as coleções do Museu de Arte Moderna da Bahia, MAM-BA (Salvador, Brasil); da Pinacoteca de São Paulo (São Paulo, Brasil); Pérez Art Museum Miami – PAAM (Miami, EUA); Museu de Arte do Rio – MAR (Rio de Janeiro, Brasil); Musem of Arts and Design – MAD (Nova York, EUA) e o Institute for Studies on Latin American Art – ISLAA (Nova York, EUA).